Flávio Sátiro

Livros de Visitas - Deixe agora mesmo sua mensagem.

Cidade de Patos

Cidade de Patos

CORIOLANO DE MEDEIROS

Casa de Paulo Mendes, no trecho descampado,
E além, de João Gomes, avulta a moradia;
Bem no centro do pátio, o norte defrontado,
Sorri o templozinho da Senhora da Guia.

Moradas de vaqueiros, currais aonde o gado
Rumina e muge triste à mutação do dia;
No milharal viçoso, ou verde ou sazonado,
Debicam periquitos, farfalha a ventania.

Pegas e Panatis, de tangas bem vermelhas,
Guardam porcos e cabras, bezerros e ovelhas,
E de lavoura cobrem do vale grandes tratos.

Paira atrás a lagoa e na frente o Pinharas,
Restrito no verão a fios de águas claras...
E assim no meu sertão um dia surgiu Patos!

 

  • » Origens
  •  

    Situada no sertão da Paraíba, a cidade de Patos foi fundada por Paulo Mendes de Figueiredo que, juntamente com alguns familiares, doou, em 1768, uma parte de seu patrimônio para que se erigisse uma capela em louvor de Nossa Senhora, em torno da qual teve origem a cidade. Em 1833 foi instalada a Câmara, criando-se, assim, o Município. A antiga Vila dos Patos foi elevada a cidade em 1903, através da Lei Estadual n. 200, de 24 de outubro de 1903, de iniciativa do deputado José Campelo de Albuquerque Galvão.


     

  • » Desenvolvimento
  •  

    Possui, hoje, uma população em redor de cem mil habitantes e constitui-se no mais importante centro comercial, industrial, e de serviços da região. De aspecto urbanístico aprazível, ruas largas e movimentadas, muitas delas asfaltadas, possui empreendimentos necessários para tornar menos árida a existência em uma área castigada por um sol inclemente durante a maior parte do ano.

    Modernos edifícios já freqüentam a paisagem urbana. A sua economia, que já foi alicerçada, grandemente, na agricultura e na pecuária, hoje, se assenta no setor comercial e no de serviços, notadamente a prestaçã,o de ensino superior, e no industrial, sobretudo indústrias de sapatos e de doces. Um moderno shopping center, dotado dos equipamentos mínimos indispensáveis, tais como, elevadores, escadas rolantes, cinemas e praça de alimentação, já se tornou o "point" da juventude e das famílias patoenses.
     
    A cidade é banhada pelo rio Espinharas, que pode ser considerado um rio urbano, pois nasce às portas da cidade, pela junção de dois outros rios: Farinha e Cruz. Dispõe de um hospital e uma Maternidade, públicos, assim como de um hospital infantil e inúmeras clínicas especializadas particulares.
     
    O lazer da população é proporcionado por cinemas, clubes e festejos populares realizados em diferentes épocas do ano. Veja abaixo o Calendário Socio-cultural da cidade. Como pontos de atração turística, destacam-se a Fundação Ernani Sátyro, entidade que guarda o acervo bibliográfico e arquivístico do ex-Governador paraibano e onde ele está sepultado; a Igreja da Conceição, vetusto templo colonial; o santuário d'A CRUZ DA MENINA, na saída para Pombal, às margens da BR-230; o Pico do Jabre, o ponto mais alto da Paraíba, no vizinho município de Teixeira e a pedra do Tendó, a vinte quilômetros de Patos, local privilegiado para a decolagem de vôos com asa delta.

     

    Veja belas fotos da cidade de Patos, de autoria de Batistinha.


     

  • » Comunicações
  •  

    Patos constitue um entroncamento rodoviário, onde se cruzam importantes estradas, todas asfaltadas, que a colocam em comunicação com os demais Municípios do Estado e com os Estados vizinhos. Está ligada a João Pessoa, Campina Grande, Pombal, Sousa, Cajazeiras e às outras cidades situadas ao longo da rodovia que percorre o Estado, de Cabedelo a Cajazeiras, atingindo o Ceará. Liga-se a Piancó, Itaporanga, Conceição e outros centros, através da rodovia denominada "Redenção do Vale", a caminho do Ceará e outros Estados.

    Por estrada pavimentada atinge-se a cidade de Teixeira e o vizinho Estado de Pernambuco, em demanda do sul do País. Através de estrada também asfaltada liga-se a Serra Negra, Caicó, Currais Novos e outros municípios do Rio Grande do Norte. Dispõe dos serviços de DDD, DDI e telefonia celular, além de agências da ECT. Um aeroporto, com pista asfaltada, permite, agora com a ampliação de sua pista, pouso e decolagem de aeronaves de grande porte, inclusive à noite, uma vez que já foi concluída e inaugurada a sinalização e balizamento luminosos, permitindo a realização daquelas operações após as dezoito horas. Seus habitantes passaram a se comunicar com todo o mundo, depois da instalação dos serviços de provedoria da Internet, oferecidos pela OPENLINE.


     

  • » Administração
  •  

    O Poder Executivo municipal encontra-se estruturado em Secretarias e outros órgãos menores. A Câmara de Vereadores compõe-se de 10 membros. Até antes da decisão do TSE que fixou o número de vereadores de todos os Municípios brasileiros, para as eleições de 2004, a Câmara Municipal de Patos era composta de dezenove edis.

    O Poder Judiciário estadual está instalado com quatro Varas e dois Juizados Especiais (um cível e outro criminal) e respectivos Cartórios, além das Promotorias, e da Advocacia de Ofício. Nela também se situa uma Junta de Conciliação e Julgamento, subordinada ao Tribunal Regional do Trabalho da 13a. Região. A cidade é sede do III Batalhão da Polícia Militar da Paraíba e de uma Delegacia da Polícia Federal.


     

  • » Vida Universitária
  •  

    A cidade conta com treze cursos universitários, a saber: Medicina Veterinária e Engenharia Florestal, ministrados pela Universidade Federal de Campina Grande, que ali mantém o Campus II; cursos de Ciências Econômicas, História, Geografia, Letras, Pedagogia, Enfermagem, Informática, Comunicação (Jornalismo), Direito, Biomedicina e Odontologia, mantidos pela Fundação Francisco Mascarenhas, através das Faculdades Integradas de Patos (FIP). A cidade é sede do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia. Possui modernos colégios de primeiro e segundo graus, públicos e particulares, destacando-se entre aqueles o Colégio Estadual, a Escola Normal D. Expedito, o Colégio Polivalente Dionísio Costa, a Escola Estadual de Primeiro Grau Rio Branco e o tradicional Colégio Cristo Rei, da Ordem das Filhas do Amor Divino. Nestes dois últimos estabelecimentos estudou a ex-Prefeita de São Paulo, Luiza Erundina. Alguns centros de língua dedicam-se ao ensino de idiomas estrangeiros, a exemplo da Cultura Inglesa.


     

  • » Filhos Ilustres e Figuras de Relevo na Vida do Município
  •  

    Paulo Mendes de Figueiredo (Fundador da cidade), Jerônimo José da Nóbrega (Deputado Provincial), Porfírio Higino da Costa (Herói da Guerra do Paraguai), Cap. Manoel Gomes dos Santos (Deputado Provincial), Leôncio Wanderley (Deputado Estadual, no começo deste século), Enéas Pedro de Sousa (Deputado estadual, no começo do século atual), Miguel Sátyro e Sousa (ex-Deputado Estadual e ex-Chefe Político do Município, de 1904 a 1934), Pedro Firmino da Costa e Sousa (Deputado Estadual), Coriolano de Medeiros (Historiador, escritor, fundador da APL), Allyrio Meira Wanderley (escritor, jornalista, Patrono da Cadeira da APL), Joaquim Alves Machado (Vigário por cinqüenta anos), Nelson Lustoza Cabral (escritor, jornalista, membro da APL), João Norberto da Nóbrega (gramático e poeta), José Antônio Urquiza, (escritor, advogado), Alfredo Lustosa Cabral (Professor e escritor), Bivar Olintho de Mello e Silva (Prefeito e Deputado Federal), Ernani Ayres Sátyro e Sousa (Governador do Estado, Ministro do STM, deputado federal em 8 legislaturas, escritor, membro da APL), Dom Fernando Gomes dos Santos (Bispo de Penedo (AL) e Aracaju (SE) e Arcebispo de Goiânia (GO)), Anníbal Fernandes Bonavides (jornalista e deputado estadual pelo PCB, do Ceará), Clóvis Sátyro e Sousa (Prefeito, quatro vezes)Francisco Soares de Sá (Deputado Estadual), Tarcísio Meira César (Poeta), José Peregrino de Araújo Filho (Prefeito e Deputado Estadual), Firmino Ayres de Araújo (Brigadeiro da Aeronáutica), Mons. Manuel Vieira (Deputado Federal, educador, diretor por muitos anos do extinto Ginásio Diocesano de Patos), Edivaldo Motta (Deputado Estadual e Deputado Federal), José Cavalcanti (Prefeito, Dep. Estadual e membro da APL), Geralda Medeiros (Prefeita e Deputada Estadual), Rui Gouveia (Deputado Estadual), José Gomes Alves (Fundador dos primeiros cursos superiores de Patos), Darcílio Wanderley da Nóbrega (Prefeito, em cuja administração o Município de Patos foi apontado como um dos dez Municípios brasileiros de maior progresso, em concurso realizado pela revista "O CRUZEIRO"), Maria Esther Sátyro Fernandes (Professora, funcionária pública federal, primeira mulher a exercer o cargo de Vereadora, em Patos), Ronald de Queiroz Fernandes (Bacharel em Direito, Economista, Vereador em Patos, Professor da UFPB), todos falecidos.


     

  • » Calendário Socio-Cultural
  •  

                                                       Calendário Sócio-cultural

     

     

    FEVEREIRO: Carnaval de rua, animado por trio elétrico e bandas.

    JUNHO: São João, durante vinte dias, animado por diferentes bandas de forró.

    AGOSTO: Semana do Folclore, com palestras, exibições de grupos folclóricos, danças etc.

    SETEMBRO: De 14 a 24, Festa da Padroeira, Nossa Senhora da Guia, com Novenário religioso e festa profana, com pavilhão oficial, barracas, jogos, parques de diversão etc.

    OUTUBRO: Dia 24, comemoração da elevação da cidade a esta categoria.

    NOVEMBRO: Semana Cultural, com palestras, promovida pela Fundação Ernani Sátyro.


     

Orkut

Twitter

You Tube

Facebook

Copyright © 2009 FLÁVIO SÁTIRO FERNANDES - Todos os direitos reservados
email: contato@flaviosatirofernandes.com.br